quinta-feira, 15 de abril de 2021

Morador de Ipiaú é assaltado na BR-330, próximo ao trevo de Ubaitaba


Assalto ocorreu a cerca de 3km do trevo da BR-330 com a BR-101.

Um morador de Ipiaú foi vítima de assalto por volta das 14h da última segunda-feira (12), na BR-330, próximo ao Trevo com a BR-101, no município de Ubaitaba. O motorista, que pediu para não ser identificado, revelou que foi interceptado por quatro homens armados com pistolas. Os criminosos ainda chegaram a agredi-lo e em seguida fugiram com o seu carro (modelo KA, de cor prata, placa mercosul PLQ 4E43), e outros pertences da vítima (carteira com documentos e cartões de crédito e débito, celular, computador, roupas e livros).

O motorista contou ao GIRO, que viajava sozinho para Itabuna, quando percebeu dois carros parados e os homens armados no meio da pista acenando para que ele parasse o veículo. Ao ser retirado do automóvel, ele foi empurrado e agredido com um chute nas costas, quando caiu no acostamento e ouviu o criminoso dizer que iria mata-lo. A ação foi contida pelos comparsas do indivíduo.

De acordo com as informações do morador de Ipiaú, os bandidos já tinham roubado na BR-101, nas imediações do Casarão de Pedras, um carro modelo Argo, da Secretaria de Saúde de Itajuípe. O motorista desse veículo foi sequestrado e agredido pelos assaltantes. Eles também ainda teriam realizado um arrastão em um povoado no município de Ibirapitanga.

O grupo no Argo, minutos antes de abordar o ipiauense, tentou roubar outro carro que trafegava na BR-330, mas após um pequeno acidente, o veículo alvo dos criminosos apresentou falhas mecânicas. Nesse carro viajava uma família que saiu de Itabuna e seguia para Ipiaú. Após os bandidos fugirem, o motorista da Secretaria de Saúde de Itajuípe conseguiu sair do veículo, apresentando vários hematomas.

“Foi um filme de terror. Um sufoco que nunca passei na vida”. conta o morador de Ipiaú. Quem tiver informações sobre o paradeiro do automóvel modelo KA, de cor prata, placa mercosul PLQ 4E43, pode acionar as autoridades policiais. O caso é investigado pela Polícia Civil. *Giro Ipiaú