sexta-feira, 21 de agosto de 2020

‘Vai até dezembro, só não sei o valor’, diz Bolsonaro sobre auxílio emergencial

Presidente Jair Bolsonaro com Paulo Guedes (ministro da economia).

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta sexta-feira (21) que o auxílio emergencial por conta da pandemia será prorrogado até dezembro. O valor pago, que hoje é de R$ 600, deve mudar, mas o presidente diz que ainda não sabe qual será. Bolsonaro fez o anúncio durante evento no Rio Grande do Norte. O presidente falou que o auxílio iria ser prorragado, já que a última parcela foi paga em agosto, e um dos presentes quis saber até quando. “Até dezembro, só não sei o valor”, explicou, segundo o G1 RN.

Ele disse que o custo é muito alto. “O auxílio-emergencial foi bem-vindo, mas ele custa R$ 50 bi de reais ao ano, e infelizmente não pode ser definitivo, mas vamos continuar com ele, mesmo com valores diferentes, até que a economia possa pegar em nosso país”, complementou. Atualmente, o governo pode prorrogar o auxílio emergencial sem passar pelo Congresso caso mantenha o valor. Em caso de mudança, no um novo projeto deve ser feito e enviado para votação.