quarta-feira, 1 de abril de 2020

Eunápolis - BA: Homem é encontrado decapitado a 80 metros de onde residia

Foto: Gustavo Moreira / Radar 64   O corpo de um homem foi encontrado decapitado, no início da tarde desta terça-feira (31), na zona rural de Eunápolis. Identificado como Denilson Carvalho Marinho, de aproximadamente 40 anos, a vítima estava desaparecida desde o último sábado (28).   Ele era natural do distrito de Barrolândia, em Belmonte, trabalhava carregando e descarregando caminhões e morava há 60 dias em um casebre a 80 metros do local em que o seu corpo foi encontrado. Segundo o Radar 64 via BN, o corpo já estava em estado de decomposição. A polícia fez buscas pelo local, mas não conseguiu encontrar a cabeça.   No casebre onde Denílson morava, a polícia encontrou uma enxada e uma faca com manchas de sangue. Os objetos, que podem ter sido usados no crime, vão passar por perícia. "Há indício que a lâmina, que estava solta do cabo, pode ter sido lavada", informou um policial ao site.  O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal e o crime está sendo investigado pela 1º Delegacia Territorial.
Foto: Gustavo Moreira / Radar 64


O corpo de um homem foi encontrado decapitado, no início da tarde desta terça-feira (31), na zona rural de Eunápolis. Identificado como Denilson Carvalho Marinho, de aproximadamente 40 anos, a vítima estava desaparecida desde o último sábado (28). 

Ele era natural do distrito de Barrolândia, em Belmonte, trabalhava carregando e descarregando caminhões e morava há 60 dias em um casebre a 80 metros do local em que o seu corpo foi encontrado. Segundo o Radar 64 via BN, o corpo já estava em estado de decomposição. A polícia fez buscas pelo local, mas não conseguiu encontrar a cabeça.


No casebre onde Denílson morava, a polícia encontrou uma enxada e uma faca com manchas de sangue. Os objetos, que podem ter sido usados no crime, vão passar por perícia. "Há indício que a lâmina, que estava solta do cabo, pode ter sido lavada", informou um policial ao site.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal e o crime está sendo investigado pela 1º Delegacia Territorial.