sexta-feira, 3 de abril de 2020

Com ampliação de isenção, governo irá pagar conta de energia de 3,5 milhões de baianos


Foto: Ubatã Realidade
Com a emendas dos deputados estaduais, o governador Rui Costa (PT) vai ampliar de 80 kW para 100 kW o consumo máximo de energia para que o cidadão tenha sua conta paga pelo governo estadual. A medida visa isentar a população em situação de vulnerabilidade social, que já sente os impactos da crise provocada pela pandemia de coronavírus.

Ao anunciar a novidade, na tarde desta sexta-feira (3), o governador agradeceu o apoio dos parlamentares. "Eles fizeram a doação de suas emendas individuais. (...) Ou seja, toda a população que consumir até 100 kW vai ter sua conta paga por três meses. Significa que 3,5 milhões de baianos terão a sua conta quitada durante três meses", destacou o petista.

Além disso, o governo estadual pretende isentar do pagamento da conta de água por 90 dias pessoas inscritas no cadastro social da Embasa. Para ser contemplado com a medida, o consumo do cidadão deve ser limitado a 25 metros cúbicos por mês. A previsão é de que a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) vote o projeto neste sábado (4). BN