segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Monumento feito por Mário Cravo Júnior é destruído por incêndio

Foto: Divulgação

A 'Fonte da Rampa do Mercado' ou 'Monumento à Cidade de Salvador', como é conhecida uma das mais emblemáticas obras do artista baiano Mário Cravo Júnior, foi destruída por um incêndio na tarde deste sábado (21).

Localizada na Praça Cayru, entre o Elevador Lacerda e a Baía de Todos-os-Santos, no bairro do Comércio, a escultura era uma das mais conhecidas do artista e um dos principais cartões-postais da capital baiana. A obra foi construída na década de 1970 e era formada por fibra de vidro.

Após o incêndio, restaram apenas as estruturas de metal que sustentavam a fibra. Todo o resto foi consumido pelo fogo. Ainda não se sabe o que provocou o incêndio.

Vídeos feitos por pessoas que passavam no local mostram a intensidade das chamas. Além do fogo alto, muita fumaça se formou no local.

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia esteve na praça onde fica o monumento, mas, segundo testemunhas, o fogo apagou antes mesmo da ação, depois de destruir a fibra.

A área ao redor do monumento está em manutenção, e, por isso, estava fechada com tapumes. Quando os bombeiros militares chegaram no local, parte do material foi removido para permitir a aproximação

Em nota, a Prefeitura de Salvador lamentou o caso e informou que vai reconstruir o monumento, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), que é ligada à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).

Segundo o comunicado, o projeto original da obra será usado para a reconstrução. O material será doado pela família de Mário Cravo Júnior para a Prefeitura.