sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Marinha ainda registra óleo em litoral de 5 cidades baianas

Cumuruxatiba, em Prado / Foto: Reprodução / Prado Notícia

As praias de Conde, no Litoral Norte, Igrapiúna e Ilhéus, no Litoral Sul, Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, e Prado, no extremo sul baiano ainda apresentam vestígios de óleo. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (21). Desde o início da primeira ocorrência de óleo no país [final de agosto/começo de setembro], 695 localidades já foram afetadas.

Segundo o Comando do 2° Distrito Naval, há 12 dias não são encontradas manchas de óleo no mar. O Comando também informou que nos últimos 30 dias, 93% das ocorrências são de pequenos fragmentos de óleo nas praias atingidas. Já estão com praias limpas os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Espírito Santo.

Os resíduos recolhidos das praias são direcionados a fábricas de cimento e aterro sanitários. No primeiro momento, os fragmentos são recolhidos e acondicionados em recipientes apropriados para evitar que o solo seja contaminado.

As informações tem como base dados do Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado pela Marinha do Brasil (MB), Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).