quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Dia da canonização de Irmã Dulce pode virar feriado em Salvador

O vereador de Salvador, Maurício Trindade (DEM), propôs que seja decretado feriado na capital baiana no dia em que Irmã Dulce (1914-1992) foi canonizada. Se aprovado, a lei tornará o 13 de outubro como feriado municipal.  Trindade comentou a dedicação da agora santa aos doentes do Hospital Santo Antônio, o qual ela foi fundadora e, segundo o vereador, é referência de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo Brasil, além de ser o maior hospital filantrópico da América Latina.  "A saúde de Salvador, da Bahia e do Brasil é outra depois de Irmã Dulce", disse. Ele completa que conviveu com ela quando estudava no hospital e afirma ser testemunha da humildade, ética e abnegação de Dulce com os pobres.
Foto: Reprodução/Instagram

O vereador de Salvador, Maurício Trindade (DEM), propôs que seja decretado feriado na capital baiana no dia em que Irmã Dulce (1914-1992) foi canonizada. Se aprovado, a lei tornará o 13 de outubro como feriado municipal.

Trindade comentou a dedicação da agora santa aos doentes do Hospital Santo Antônio, o qual ela foi fundadora e, segundo o vereador, é referência de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo Brasil, além de ser o maior hospital filantrópico da América Latina.

"A saúde de Salvador, da Bahia e do Brasil é outra depois de Irmã Dulce", disse. Ele completa que conviveu com ela quando estudava no hospital e afirma ser testemunha da humildade, ética e abnegação de Dulce com os pobres. (BN)