quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Ministério Público quer relatórios atualizados das barragens na Bahia

Representantes dos Ministérios Públicos do Trabalho (MPT), do Estado (MP-BA) e Federal (MPF) se reuniram nesta quarta-feira (30), em Salvador, com gestores da área ambiental do Governo da Bahia para traçar um plano de fiscalização de barragens.Durante o encontro, eles cobraram do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) relatórios atualizados da situação das barragens existentes no estado e pediram informações sobre as medidas adotadas. Participaram da reunião, na sede do MP-BA,  o procurador-chefe do MPT, Luís Carneiro, a procuradora-geral de Justiça da Bahia, Ediene Lousado, o secretário do Meio Ambiente do Estado, Geraldo Reis, a coordenadora de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do MPF, Bartira Góes,a diretora do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Márcia Telles, e técnicos do estado.

Eles voltam se reunir na próxima sexta-feira (1º), quando serão apresentados dados sobre um estudo preliminar que está sendo elaborado pelo Inema. Além disso, os representantes dos ministérios públicos ficaram de apresentar propostas de ação com objetivo de reduzir riscos de eventuais rompimentos das barragens na Bahia. De acordo com o secretário Geraldo Reis, o Estado está adotando uma série de encaminhamentos, antecipando o planejamento de fiscalização e realizando o monitoramento, com equipes em campo, visitando as barragens.

*Pimenta