Nutricau

Farmácia Victor

ST Cell

Farmácia Eliana

Farmácia Pró-Saúde

Farmácia Ubatã


Mix Papelaria

Mix


Ponto do Pastel

JB Atacadão e Varejo em Ubatã - BA

JB ATACADÃO & VAREJO 
Ovos de codorna, ovos de galinha e frutas! 
Cel: (73) 98892 – 2752 / 99143 – 3839 
Ubatã - BA

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Número de mortes por H1N1 na Bahia sobe para 29; estado teve 246 casos até o início do mês

Foto: Reprodução/TV TEM

O número de mortos por conta da gripe H1N1 na Bahia subiu para 29, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (22) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Os dados foram coletados até o dia 11 de agosto. No boletim anterior, com notificações até 23 de junho, eram 27 mortes.

Ainda conforme os dados da Sesab, o número de casos registrados no estado subiu de 199 para 246. A doença foi constatada em 64 dos 417 municípios baianos. Destes, 16 registraram mortes. Em Salvador, foram 14 óbitos.

Segundo a Sesab, depois do dia 11 de agosto não foram registrados mais casos da doença no estado.

No mesmo período de 2017, foram notificados 300 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 23 óbitos. Dentre eles, 23 foram confirmados para Influenza, sendo dois casos de H1N1 e nenhum óbito por conta da gripe.

Segundo o Ministério, durante a campanha de vacinação contra a doença, que acabou em junho, o estado atingiu 89,6% do público-alvo da campanha de vacinação. No entanto, a meta era vacinar 90%. Para a campanha, 4.013.600 doses foram distribuídas.

O público-alvo da vacinação gratuita é composto por idosos a partir de 60 anos, crianças (maiores de 6 meses a menores de 5 anos), gestantes, puérperas até 45 dias (mulheres que ganharam bebês), trabalhadores de saúde, professores, portadores de doenças crônicas (com prescrição da vacina ou relatório médico).

https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2018/08/22/numero-de-mortos-por-h1n1-na-bahia-sobe-para-29-estado-teve-246-casos-ate-inicio-do-mes.ghtml