Nutricau

Farmácia Victor

ST Cell

Farmácia Eliana

Farmácia Pró-Saúde

Farmácia Ubatã


Mix Papelaria

Mix


Ponto do Pastel

JB Atacadão e Varejo em Ubatã - BA

JB ATACADÃO & VAREJO 
Ovos de codorna, ovos de galinha e frutas! 
Cel: (73) 98892 – 2752 / 99143 – 3839 
Ubatã - BA

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Drogas, armas e coletes balísticos foram encontrados em Lauro de Freitas, onde dupla morreu em confronto com policiais

 (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Dois homens morreram na manhã desta segunda-feira (15) em confronto com a polícia, após serem supreendidos por guarnições da Polícia Militar no bairro de Portão, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador. Segundo informou a assessoria da Polícia Militar, eles festejavam um ano da morte do soldado da PM Urivelton de Jesus Santana.

Urivelton foi morto no dia 15 de janeiro de 2017 durante um ataque a um sítio, na Estrada do Coco. Ele estava de folga e fazia a segurança do local.

De acordo com a PM, nesta segunda-feira, a guarnição recebeu uma denúncia de que criminosos estariam fazendo uma festa. Ao chegarem no local, o homem de prenome Danilo e outro apelidade de "Porcão" reagiram à abordagem e foram atingidos, segundo relatou a polícia. No local, foi encontrada uma vela de aniversário com o formato do número 1, na cor azul.

Após serem atingidos, os homens foram encaminhados para o Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, mas não resistiram aos ferimentos. A polícia não detalhou quantas pessoas estavam na festa e se mais pessoas se feriram.

Além do confronto, equipes da 52ª CIPM e da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp RMS apreenderam pistolas, diversas munições, coletes balísticos e mais de dois quilos de maconha. O material apreendido foi apresentado na 34ª delegacia, em Portão. (G1 BA)

https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/dupla-morre-em-confronto-com-a-policia-enquanto-comemorava-aniversario-de-homicidio-de-pm-na-bahia.ghtml
Caso


Urivelton de Jesus tinha 31 anos quando foi baleado e morto no Sítio Meu Sossego, na BA-099, também conhecida como Estrada do Coco. Na ocasião, ele estava junto com o colega Carlos Ademir Oliveira, de 45 anos, fazendo a segurança do sítio.

Os dois foram atacados por quatro homens armados que chegaram ao local em um carro branco. Os suspeitos fugiram após efetuar os disparos.

O soldado Urivelton foi atingido na cabeça e no peito, e não resistiu. Já Carlos, baleado no pé, foi encaminhado para o Hospital Menandro de Faria por uma guarnição da 52ª Companhia Independente. Urivelton foi enterrado no dia 16 de janeiro de 2017, no Cemitério Bosque da Paz, em Salvador.