Nutricau


Farmácia Eliana

Farmácia Ubatã

Farmácia Pró-Saúde

Farmácia União



Mix Papelaria

Colormagem


Mix

Central Popular

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Filho que matou pai a facadas diz que briga foi por pedaço de carne que furtou para comprar droga



jovem de 24 anos que confessou ter matado a facadas o próprio pai, no município de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, alegou em depoimento que cometeu o crime após uma discussão com a vítima por conta de um pedaço de carne. A informação foi divulgada ao G1, na tarde desta segunda-feira (23), pelo delegado Joelson Reis, que investiga o caso.

O suspeito foi preso em flagrante horas após o crime, no domingo (23). A vítima foi o autônomo Valderio de Jesus de Paranhos, de 74 anos. Após a prisão, o suspeito foi levado para a Delegacia de Lauro de Freitas, onde prestou depoimento e confessou o homicídio.

Segundo depoimento do suspeito, ele furtou o pedaço de carne da geladeira da casa onde morava com o pai, na Avenida Amarílio Tiago dos Santos, para comprar drogas. Os dois moravam sozinhos em um sobrado, segundo a polícia. A carne teria sido comprada pelo pai, que, conforme o suspeito, teria ficado irritado com o furto praticado pelo filho. O delegado disse também que o suspeito apresenta sinais de problemas mentais.

"Ele [o suspeito] alegou que é usuário de drogas e que saiu de casa com a carne de casa para justamente vender e comprar entorpecentes. Quando retornou, o pai o questionou sobre o furto e os dois, então, iniciaram a discussão", disse o delegado.

O filho usou uma faca tipo peixeira para golpear o pai na garganta durante o desentendimento. Valderio ainda chegou a ser socorrido por policiais da 52ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e encaminhado para o Hospital Menandro de Farias, mas não resistiu.

A polícia disse que nenhuma testemunha presenciou o momento do crime para confirmar a versão do suspeito de que a briga tenha sido iniciada por conta do pedaço de carne. Uma pessoa que mora perto da casa dos dois disse que viu o momento em que o suspeito deixou a casa com a camisa ensanguentada. "Essa versão dele, sobre a carne, está sendo apurada. Como não tinha outra pessoa dentro da casa, não sabemos se isso procede ou não", destacou.

O delegado informou que já solicitou à Justiça a conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva, que não tem prazo para expirar. Uma audiência de custódia para decidir sobre isso estava marcada para acontecer nesta segunda-feira, mas, segundo o delegado Joelson Reis, foi adiada para a terça-feira (24). Em quando isso, o suspeito permanece preso na delegacia da cidade.

Segundo a polícia, o jovem preso já tem passagens por furtos, roubos e tráfico de drogas. Em 2016, ainda segundo a polícia, chegou a ser detido junto com o pai por suspeita de furto a uma loja de bicicletas.

https://g1.globo.com/bahia/noticia/filho-que-matou-pai-a-facadas-na-ba-diz-que-briga-foi-por-pedaco-de-carne-que-furtou-para-comprar-droga.ghtml
Por G1 BA
Postar um comentário