Nutricau


Farmácia Eliana

Farmácia Ubatã

Farmácia Pró-Saúde

Farmácia União



Mix Papelaria

Colormagem


Mix

Central Popular

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Irmãos são presos em flagrante após matar padrasto a pauladas e facadas na Chapada Diamantina

Foto: Bocão News 

Dois irmãos foram presos em flagrante após matar o padrasto com requintes de crueldade, na segunda-feira (11), em Ibicoara, município da Chapada Diamantina, na Bahia. Os suspeitos, de 19 e 22 anos, estão detidos na delegacia da cidade nesta terça-feira (12) e aguardam decisão judicial.

O delegado responsável por investigar o caso, Marco Antônio Torres, contou ao G1que Ed Carlos Dias, de 42 anos, foi agredido a pauladas e ferido diversas vezes com faca, facão, pedras, tijolos e até um espeto de churrasco. Segundo o delegado, a cabeça foi a parte do corpo mais atingida.

"O cenário era extremamente violento. Começou em um local, na casa deles, e a vítima correu cerca de 200 metros até a casa de um parente, onde faleceu. Os dois perseguiram ele e continuaram a agressão lá. Tinha muito sangue espalhado no local", descreveu o delegado.

Em depoimento à polícia, um dos suspeitos disse que agiu para tentar se defender da vítima. Já o irmão dele negou a participação no crime e disse que só tentou separar a briga, mas o delegado afirmou ter fortes indícios da participação do jovem.

"Um deles disse que perdeu a cabeça em discussão e que o padrasto tentou agredí-lo com uma faca. Na hora da briga os dois caíram e a faca penetrou o padrasto. Ele alega ter entrado em surto e diz que não se recorda de mais nada. Disse que foi legítima defesa, mas o padrasto correu da residência em busca de ajuda e os dois o seguiram para continuar a agressão, e isso não caracteriza legítima defesa", ponderou o delegado.

De acordo com Marcos Antônio, os irmãos disseram que a vítima era violenta desde que os dois eram crianças. Os dois chegaram a relatar que a mãe era agredida por Ed Carlos.

"A gente já colheu informações de que a relação da família era conturbada. Por ver a agressão constante à mãe, as crianças cresceram revoltadas e isso pode ter motivado o crime", pontuou o delegado. Ele disse ainda que testemunhas devem ser ouvidas no decorrer da semana.

Depois do crime, os irmãos fugiram do município em um carro, mas foram encontrados pela Polícia Militar.

"Os policiais relataram para nós que, ao dizerem que a vítima havia morrido, eles ficaram felizes. Os dois foram autuados pelo crime de homicídio e, conforme a investigação for andando, a Justiça deve analisar se há agravantes. O pedido de prisão já foi expedido e eles estão detidos aguardando a decisão", disse o delegado.

A mãe dos suspeitos é uma das testemunhas a serem ouvidas pela polícia. No entanto, ela ainda não foi encontrada. Testemunhas disseram à polícia que durante a confusão ela ficou assustada e saiu do local com o filho menor, que é uma criança de colo. (G1 BA)

http://g1.globo.com/bahia/noticia/irmaos-sao-presos-em-flagrante-apos-matar-padrasto-a-pauladas-e-facadas-na-chapada-diamantina.ghtml
Postar um comentário