Nutricau


Farmácia Eliana

Farmácia Pró-Saúde

Farmácia União



Farmácia Ubatã


Mix Papelaria

Mix

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Suspeito de participar de chacina com 8 vítimas em Porto Seguro é morto a tiros


Um homem suspeito de participar da chacina que deixou oito jovens mortos, entre eles quatro filhos de policiais, em Porto Seguro, região sul da Bahia, foi morto a tiros, na noite da segunda-feira (31). De acordo com informações da Polícia Civil, o crime ocorreu dentro do apartamento do suspeito, identificado como Marcos Alves Rodrigues, de 36 anos, no bairro Vila Parracho, também em Porto Seguro. A chacina ocorreu no dia 5 de fevereiro, no bairro Porto Alegre.

Conforme o delegado Marcelo Paiva, titular da Delegacia de Porto Seguro, Marcos Alves era suspeito de ter roubado a caminhonete usada no dia da chacina e teria dirigido o veículo durante a ação. Segundo o delegado, o suspeito tinha um mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime e estava foragido. Além dele, outras doze pessoas foram indiciadas por participação na chacina. Seis delas estão presas. As outras seis são procuradas pela polícia.

De acordo com o delegado Marcelo Paiva, Marcos Alves estava sozinho no apartamento, 23h30 da segunda-feira, quando foi surpreendido por três homens armados. Os criminosos atiraram contra a vítima e, em seguida, fugiram do local do crime. O delegado informou que, durante a perícia no imóvel, os policiais encontraram uma quantidade de drogas e um caderno com anotações no local.

Segundo o delegado, a suspeita é de que a motivação do homicídio tenha sido o tráfico de drogas. Conforme Alves, o suspeito integrava uma facção que atua na cidade e, além da chacina, teria envolvimento em outros homicídios e no tráfico de drogas na região. O corpo do suspeito foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região, onde será periciado. O crime está sob investigação da Delegacia de Porto Seguro. (Leia Mais)
http://g1.globo.com/bahia/noticia/suspeito-de-participar-de-chacina-com-8-vitimas-em-porto-seguro-e-morto-a-tiros.ghtml
Postar um comentário