Nutricau


Farmácia Eliana

Farmácia Ubatã

Farmácia Pró-Saúde

Farmácia União



Mix Papelaria

Colormagem


Mix

Ubatã Realidade FM

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Ilhéus: Após parto, mulher relata que um dos seus bebês desapareceu em maternidade

Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Uma mulher que teria dado luz à gêmeos em 24 de junho, afirma que um dos bebês desapareceu em uma maternidade de Ilhéus, região sul do estado. Dona de casa, Cleidiane Silva dos Santos, relatou à delegada substituta Andrea Oliveira, que as ultrassonografias realizadas durante a gravidez, inclusive a última feita no dia 03 de junho, confirmavam que ela tinha gêmeos. Quando ela deu entrada na Maternidade Santa Helena, anexo ao Hospital São José para realizar o parto, uma enfermeira teria avaliado e informado que estava tudo bem com os gêmeos. "Ela falou bem assim: os dois está (sic) bem, porque ela já tinha olhado no negócio [ultrassonografia] que eram dois gêmeos. Ela falou 'tá bem' (sic). Aí ela mandou tomar um banho e ela mandou ir para a sala de parto", afirmou a mãe ao G1. No momento da cesárea, Cleidiane relata ter passado mal e caído no sono. "Eles chegaram com uma criança, ainda no outro dia, porque o neném ficou cá embaixo, no berçário. Eu falei: cadê o outro? Aí ele falou bem assim: 'mas só tinha um'. Eu falei não, porque eu vim para a maternidade para ganhar dois e eu estou aqui com o ultrassom, e eu escutei o coração dos dois lá embaixo, e ela [a enfermeira] falou que os dois estava (sic) bem. E como é que vocês aparecem aqui com uma criança só?", disse. O caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial de Ilhéus. "Estamos apurando se a ultrassonografia está errada e ela só tinha um bebê ou se o sumiço ocorreu na maternidade", informou Andréa Oliveira. Segundo a titular, a polícia solicitou o prontuário, o nome completo da equipe que atendeu Cleidiane e já entrou em contato o médico que fez o ultrassom em que constavam os dois bebês. "Chamaremos todos para depor. Entramos em contato com o diretor do hospital, mas até agora estamos aguardando resposta", disse. Apesar de o parto ter ocorrido no dia 24, Cleidiane só conseguiu ir à delegacia realizar a queixa na primeira semana de julho. "Ela foi à maternidade ter a criança sozinha, o pai do bebe bebê está preso, ela não tem auxílio dos familiares. Como teve uma complicação no parto ela passou uma semana internada e diz só ter conseguido vir agora", falou. Abalada, Cleidiane explicou ao G1 que está com sentimento "De revolta e de tristeza, porque eu não posso fazer nada".

http://www.bahianoticias.com.br/municipios/noticia/10072-ilheus-apos-parto-mulher-relata-que-um-dos-seus-bebes-desapareceu-em-maternidade.html
Postar um comentário