Nutricau


Farmácia Eliana

Farmácia Ubatã

Farmácia Pró-Saúde

Farmácia União



Mix Papelaria

Colormagem


Mix

Central Popular

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Massacre em presídio de Roraima teve corpos esquartejados e corações arrancados

Foto: Divulgação / Sindicato dos Agentes Penitenciários de Roraima

O massacre no presídio da zona rural de Boa Vista (RR), nesta sexta-feira (6), que culminou na morte de 33 presos (veja aqui), teve corpos decapitados e esquartejados, alguns até tiveram o coração arrancado. As cenas se assemelham ao que foi registrado no massacre do presídio em Manaus (AM) no último domingo (1º). De acordo com O Globo, as primeiras informações indicam que o massacre em Roraima é uma retaliação da facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) ao assassinato dos seus integrantes em Manaus por membros da Família do Norte (FDN), ligados ao Comando Vermelho (CV). Agentes penitenciários de Roraima relataram que uma briga começou por volta das 3h, quando 15 agentes estavam trabalhando. O presídio, com capacidade para 700 presos, abriga 1,7 mil detentos. Em outubro do ano passado, 11 presos foram mortos na penitenciária de Roraima durante confronto entre PCC e CV, com alguns presos sendo queimados e decapitados. Um mês depois, os rivais foram separados, deixando a penitenciária Monte Cristo reservada para integrantes do PCC e as demais para membros do Comando Vermelho. Autoridades do estado tentam entender o que pode ter levado ao massacre desta sexta.

http://www.bahianoticias.com.br/noticia/201249-massacre-em-presidio-de-roraima-teve-corpos-esquartejados-e-coracoes-arrancados.html