MIX


Farmácia Ubatã




terça-feira, 1 de novembro de 2016

Identificação de vítimas de colisão no Paraná dependerá de DNA

Foto: Divulgação / PRE-PR

Vinte pessoas morreram em uma colisão entre um ônibus e um caminhão no interior do Paraná nesta segunda-feira (31). Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, a identificação das vítimas levará alguns dias, já que os corpos ficaram carbonizados e deverão ser submetidos a exame de DNA. O acidente aconteceu entre os municípios de Cafezal do Sul e Iporã (610 km de Curitiba). Entre os mortos estão o motorista do caminhão e 19 pessoas que estavam no ônibus da prefeitura de Altônia. Os passageiros eram pacientes e acompanhantes que se deslocavam para a realização de cirurgias de catarata na cidade vizinha de Umuarama. O ginásio de esportes de Altônia deve ser utilizado para o velório. Já foi identificado os corpos do motorista do caminhão, Sérgio Scaravonatto, 50, reconhecido no Instituto Médico Legal por seu cunhado, Leomar Rohden, vice-prefeito da cidade de Pato Bragado (PR). Única vítima que não teve o corpo carbonizado, Virgilina Tenório Martins, morreu com o impacto da colisão. O corpo também já foi liberado.

http://www.bahianoticias.com.br/noticia/198357-identificacao-de-vitimas-de-colisao-no-parana-dependera-de-dna.html