Nutricau


Farmácia Eliana

Farmácia Ubatã

Farmácia Pró-Saúde

Farmácia União



Mix Papelaria

Colormagem


Mix

sábado, 29 de outubro de 2016

Bahia fica em segundo lugar em número de latrocínios; SSP contesta anuário

Foto: Agência Brasil

A Bahia ficou em segundo lugar em número de latrocínios (roubo seguido de morte) em 2015, abaixo apenas de São Paulo. O dado consta no Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta sexta-feira (28) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Foram 207 latrocínios na Bahia, um aumento de 4% no número de casos na comparação com 2014. Em São Paulo, foram 356 casos. Abaixo da Bahia está o Pará, com 191 casos; Rio Grande do Sul, com 140; e Goiás, com 137. Segundo informações do jornal Correio, os 207 latrocínios registrados na Bahia em 2015 representam 8,9% do total de 2.307 roubos seguidos de morte registrados em todo o Brasil no mesmo ano. A Secretaria de Segurança Pública contesta os dados apresentados no relatório e aponta a necessidade de padronização da contagem de Crimes Violentos Letais Intencionais no Brasil "para que não sejam produzidos rankings distorcidos". "Comparar os estados nordestinos, inclusive a Bahia, que não utiliza a categoria 'mortes a esclarecer', com federações que utilizam essa nomenclatura é desigual", diz a secretaria. Para a pasta, as diferenças na metodologia "induzem a um erro grosseiro, que expõe os estados transparentes na divulgação dos dados e protege àqueles que utilizam de subterfúgios que mascaram a realidade das grandes metrópoles". A SSP afirma, por exemplo, que há estados nos quais chacinas são contabilizadas como crime único, enquanto a Bahia considera cada morte um crime diferente. "A SSP-BA entende que enquanto não houver a padronização na metodologia utilizada na contagem, não há como fazer comparativos fieis à realidade".

http://www.bahianoticias.com.br/noticia/198237-bahia-fica-em-segundo-lugar-em-numero-de-latrocinios-ssp-contesta-anuario.html